logo
 

Acolha sua criança interior!

Posted · Adicionar Comentário

#CriançaInterior
#Autoconhecimento

Visitando a infância

Inevitavelmente, o processo de autoconhecimento, em algum momento, visita nossa infância.

E é de lá que vêm nossas saudosas lembranças, as recordações marcantes, as memórias das experiências que contam nossa história.

E essa visita à nossa infância algumas vezes vem acompanhada de sentimentos bons e em outras, nos resgata sentimentos dolorosos.

E por doer, paramos de olhar. Por doer, enterramos parte de nossa história. Parte de nós mesmos. E essa “parte” esquecida não dói tanto mais… Mas deixa um vazio, que agora, já grandões, buscamos preencher das mais diferentes maneiras possíveis. Mas preencher nosso “vazio” com coisas ou pessoas, parece que nunca é suficiente para tapar esse buraco. E sempre buscamos mais e mais.

E o que fazer então?

Buscar se conhecer, aprofundar no seu processo de autoconhecimento. Fazer as pazes com sua história. Aceitar. Perdoar.

Não, não é fácil! Mas é libertador!

Deixo aqui um convite para você:

Acolhendo sua criança interior

Feche seus olhos. Visite sua criança interior. Ela ainda vive aí dentro! (não sei em que condições… às vezes ela fica lá… esquecida… adormecida…).

Olhe para ela. Perceba quantos anos ela tem. Como ela é? Como ela se sente?

Converse com ela. Escute o que ela te diz. Deixa ela te dizer o que ela necessita. Dê a ela o que ela te pede. Hoje você já cresceu, hoje você pode supri-la. Abrace-a. Conforte-a.

E quando se sentir à vontade, despeça-se dela. Retorne ao momento presente.

E não se esqueça mais dela. Cuide. Alimente. Mantenha-a viva! Deixe a sua criança interior fluir em toda a sua espontaneidade!

E posso te garantir que ela lhe será muito útil! E ela te dará força, estará ali com você, nos momentos de presença, de brincadeiras, de criatividade, de espontaneidade, de flexibilidade, de alegria, de leveza, de riso fácil!

Faça as pazes e cuide de sua criança interior e ela te fará uma pessoa melhor, mais saudável emocionalmente.

E se tiver muito difícil sozinho(a), busque ajuda, procure um profissional.

Boa viagem!

E seja bem-vindo ao universo do autoconhecimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.